GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

É verdade que as areias monazíticas fazem bem para a saúde?

Será que rolar na areia cura artrite e reumatismo?

Nenhuma pesquisa científica confirmou os efeitos curativos desse tipo de areia até hoje.

Elas são ricas principalmente em três minerais: monazita, granada e ilmenita. Isso afeta sua cor, tornando-a preta (com ilmenita) ou amarelada (com monazita). A presença do trio mineral gerou a hipótese de que o contato com a pele curaria a artrite e o reumatismo. Só que isso não tem o menor fundamento.

Não se sabe exatamente como nem quando essa crença começou, mas, na década de 40, o barão Anton Retschek, embaixador da Áustria, visitou Guarapari, no Espírito Santo – a principal reserva de areias monazíticas no Brasil –, e relatou uma melhora no seu estado de saúde depois de oito dias empanando-se nas praias capixabas.

Nos anos 70, o hábito voltou à moda. Centenas de reumáticos procuravam a cidade de Guarapari e saíam de lá se dizendo curados. “Passar alguns dias longe de fatores estressantes, em um lugar paradisíaco, pode diminuir os sintomas de doenças crônicas”, explica a reumatologista Emília Sato, da Universidade Federal de São Paulo. “Mas isso não quer dizer que as areias monazíticas tenham alguma participação no alívio.”