GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Site que prometia aumentar inteligência é condenado a pagar multa; entenda

O Lumosity afirmava que podia até mesmo ajudar no combate de doenças como o Alzheimer

Talvez você já tenha trombado com alguma propaganda do Lumosity, um site com joguinhos que supostamente melhoram o desempenho cerebral. Agora a Lumos Labs, empresa por trás da iniciativa, terá que pagar US$ 2 milhões para a Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês), por propaganda enganosa.

LEIA:Como turbinar seu cérebro

Em seus anúncios, o Lumosity prometia desde aprimorar a performance cerebral em tarefas diárias, no trabalho e em esportes até diminuir o efeito de doenças ligadas à idade, como Alzheimer, e que tudo isso seria provado por estudos. Mas, segundo o governo americano, nada disso é verdade. “O Lumosity se aproveita dos medos dos consumidores, sugerindo que seus jogos poderiam atrasar a perda de memória, demência e até Alzheimer. Mas simplesmente não há argumentos científicos que sustentem isso”, afirma Jessica Rich, diretora da Secretaria de Proteção ao Consumidor da FTC em comunicado.

O site, que continua no ar, é pago. Seu plano mais barato, que vale por um mês, custa US$ 11,95 (cerca de R$ 45). O plano mais caro, que é vitalício, sai por US$ 299,95 (aproximadamente R$ 1.200). Além de pagar a multa, o Lumosity terá de notificar seus consumidores sobre o caso, e dar a eles a opção de cancelar a assinatura.

LEIA TAMBÉM:

A revolução do cérebro
Descubra as mentiras que o seu cérebro conta para você
E se a gente usasse 100% do cérebro?