GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Veganismo pode salvar até 8 milhões de vidas

Pesquisa indica que a alimentação vegana pode ajudar a salvar até 8 milhões de vidas se for adotado pelo mundo todo - e que a carne vermelha é um perigo...

A dieta é mais importante do que você poderia imaginar. Calma, não estamos entrando naquela velha história de exclusão e de padronização que tanto faz mal. Mas da forma como você e boa parte do planeta se alimenta.

Uma pesquisa publicada pela Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America aponta que, ao contrário de alguns medos comuns que a desinformação pode causar, a dieta vegana pode ser muito boa para você – e, claro, para o planeta todo também.

LEIA: E se todo mundo virar vegano?

Segundo o relatório divulgado pelos pesquisadores, se todas pessoas adotassem o veganismo – que exclui alimentos de origem animal, incluindo carne, ovos, leite e seus derivados -, 8,1 milhões de vidas seriam salvas até 2050. Ou seja: teríamos 8,1 milhões a menos de vítimas de doenças associadas a diabetes, obesidade, problemas cardíacos e câncer, comumente ligadas com a dieta atual.

Se o mundo adotasse o vegetarianismo, por exemplo, 7,3 milhões de mortes seriam evitadas e US$ 1,06 trilhão por ano seriam economizados globalmente.

LEIA: 11 alimentos vegetarianos ricos em proteínas

Mas na hipótese de que as pessoas passassem a adotar uma alimentação que inclui carne, mas atende às recomendações da Organização Mundial de Saúde, 5,1 milhões de vidas acabariam poupadas. E a economia global deixaria de gastar US$ 735 bilhões ao ano.

O principal vilão é a carne vermelha. Sem o item na dieta, 51% das mortes poderiam ser evitadas, segundo a pesquisa.

LEIA TAMBÉM:
Brócolis realmente eliminam toxinas
8 alimentos que parecem vegetarianos, mas podem não ser
Como é feita a carne de soja?