Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Veja quanto ganham, por mês, os 3.000 militares enviados para o Rio de Janeiro

O governo decretou intervenção federal, com o envio de tropas do Exército, para tentar conter a onda de violência no Estado; saiba quanto recebem, por mês, os militares envolvidos

Por Camila Pati, de EXAME.com - Atualizado em 22 fev 2018, 13h29 - Publicado em 22 fev 2018, 11h37

Em meio à operação do Exército no Rio de Janeiro, as Forças Armadas brasileiras estão também no noticiário econômico, já que esses servidores ficam fora da proposta de reforma da Previdência que está em uma complexa discussão.

Uma parte da polêmica fica por conta do fato de que eles não contribuem para a Previdência, sua participação no rombo de R$ 268 bilhões registrado em 2017, e que o peso de cada militar federal nesse prejuízo é 16 vezes maior do que o de um aposentado do INSS. É importante ressaltar que um militar não se aposenta, ele vai para a reserva, podendo ser convocado em caso de necessidade.

Mas, afinal, esses servidores que aceitam entregar sua vida à Nação ganham bem ou mal? Quanto, por exemplo, estão recebendo os 3 mil homens do Exército em operação no Rio, a primeira ação depois do decreto do presidente Michel Temer que delegou a um general das Forças Armadas a autoridade da segurança pública?

O soldo (salário) é apenas uma parte da remuneração dos militares no Brasil, e é irredutível. Além dele, há adicionais. São os seguintes: o adicional militar, inerente a cada círculo hierárquico, de habilitação, por conta de cursos feitos, de tempo e serviço, de compensação orgânica, ligada ao desgaste causado pela função, e o adicional de permanência.

Continua após a publicidade

Os militares também recebem gratificações, de localidade e de representação, e ajudas de custo e auxílios, como, por exemplo, de alimentação, de fardamento, entre outros. Tudo está regulamentado na MP 2.215 de 2001.

A seguir, confira os valores do soldo, em reais, pago aos integrantes das Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronática). A tabela de escalonamento, que regulamenta os reajustes, também está disponível no site do Planalto.

Oficiais Generais

POSTO OU GRADUAÇÃO A partir de 1o de janeiro de 2017 A partir de 1o de janeiro de 2018 A partir de 1o de janeiro de 2019
Almirante de Esquadra, General de Exército e Tenente-Brigadeiro 12.076,00 12.763,00 13.471,00
Vice-Almirante, General de Divisão e Major-Brigadeiro 11.574,00 12.233,00 12.912,00
Contra-Almirante, General de Brigada e Brigadeiro 11.196,00 11.833,00 12.490,00

Oficiais Superiores

POSTO OU GRADUAÇÃO A partir de 1o de janeiro de 2017 A partir de 1o de janeiro de 2018 A partir de 1o de janeiro de 2019
Capitão de Mar e Guerra e Coronel 10.229,00 10.832,00 11.451,00
Capitão de Fragata e Tenente-Coronel 10.044,00 10.642,00 11.250,00
Capitão de Corveta e Major 9.860,00 10.472,00 11.088,00

Oficiais Intermediários:

POSTO OU GRADUAÇÃO A partir de 1o de janeiro de 2017 A partir de 1o de janeiro de 2018 A partir de 1o de janeiro de 2019
Capitão-Tenente e Capitão 7.861,00 8.517,00 9.135,00

Oficiais Subalternos:

POSTO OU GRADUAÇÃO A partir de 1o de janeiro de 2017 A partir de 1o de janeiro de 2018 A partir de 1o de janeiro de 2019
Primeiro-Tenente 7.350,00 7.796,00 8.245,00
Segundo-Tenente 6.673,00 7.082,00 7.490,00

Praças Especiais

POSTO OU GRADUAÇÃO A partir de 1o de janeiro de 2017 A partir de 1o de janeiro de 2018 A partir de 1o de janeiro de 2019
Guarda-Marinha e Aspirante a Oficial 6.268,00 6.625,00 6.993,00
Aspirante, Cadete (último ano) e Aluno do Instituto Militar de Engenharia (último ano) 1.298,00 1.372,00 1.448,00
Aspirante e Cadete (demais anos), Aluno do Centro de Formação de Oficiais da Aeronáutica e Aluno de Órgão de Formação de Oficiais da Reserva 1.054,00 1.114,00 1.176,00
Aluno do Colégio Naval, Aluno da Escola Preparatória de Cadetes (último ano) e Aluno da Escola de Formação de Sargentos 956 1.010,00 1.066,00
Aluno do Colégio Naval, Aluno da Escola Preparatória de Cadetes (demais anos) e Grumete 936 989 1.044,00
Aprendiz-Marinheiro 879 929 981

Praças graduadas

POSTO OU GRADUAÇÃO A partir de 1o de janeiro de 2017 A partir de 1o de janeiro de 2018 A partir de 1o de janeiro de 2019
Suboficial e Subtenente 5.307,00 5.751,00 6.169,00
Primeiro-Sargento 4.695,00 5.110,00 5.483,00
Segundo-Sargento 4.060,00 4.445,00 4.770,00
Terceiro-Sargento 3.325,00 3.584,00 3.825,00
Cabo (engajado) e Taifeiro-Mor 2.243,00 2.449,00 2.627,00
Cabo (não engajado) 818 886 956

Demais praças

 

POSTO OU GRADUAÇÃO A partir de 1o de janeiro de 2017 A partir de 1o de janeiro de 2018 A partir de 1o de janeiro de 2019
Taifeiro de Primeira Classe 2.084,00 2.203,00 2.325,00
Taifeiro de Segunda Classe 1.981,00 2.094,00 2.210,00
Marinheiro, Soldado Fuzileiro Naval e Soldado de Primeira Classe (especializado, cursado e engajado), Soldado-Clarim ou Corneteiro de Primeira Classe e Soldado Paraquedista (engajado) 1.663,00 1.758,00 1.856,00
Marinheiro, Soldado Fuzileiro Naval, Soldado de Primeira Classe (não especializado) e Soldado-Clarim ou Corneteiro de Segunda Classe, Soldado do Exército e Soldado de Segunda Classe (engajado) 1.398,00 1.478,00 1.560,00
Marinheiro-Recruta, Recruta, Soldado, Soldado-Recruta, Soldado de Segunda Classe (não engajado) e Soldado-Clarim ou Corneteiro de Terceira Classe 769 854 956
Conteúdo originalmente publicado em Exame.com
Publicidade