GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

A energia que caiu do céu

Dois pesquisadores europeus estão propondo o uso de turbinas de aviões velhos ou acidentados para a geração de energia elétrica para os países do Terceiro Mundo, que dependem de eletricidade proveniente de geradores a óleo diesel.

Em matéria de fontes alternativas de energia, a criatividade já chegou ao uso de sucata. Dois pesquisadores europeus, um inglês e um espanhol, propõem o uso de turbinas de aviões velhos ou acidentados para a geração de energia elétrica de apoio em horários de maior consumo. Seria uma boa solução, segundo eles, para países do Terceiro Mundo que dependem de eletricidade proveniente de geradores a óleo diesel para esse fim. A usina com turbinas de aviões, em seus cálculos, teria custo um terço menor.

No avião, a turbina, movida a querosene, gira e faz o ar passar através dela, empurrando o avião para frente. O giro aciona um dínamo, que produz a energia elétrica. Na usina dos europeus, três turbinas ligadas em sequência aumentam o fluxo de are geram mais energia do que uma turbina simples num avião. O ar que sai pela última ainda pode ser aproveitado para mover um gerador a vapor. Se o combustível do sistema for gás natural, ou sintetizado a partir do carvão, as modificações nas turbinas seriam poucas, e todo o conjunto produziria um tipo de energia limpa, não poluente.