Clique e assine a partir de 5,90/mês

A mão e a luva

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h36 - Publicado em 30 abr 1988, 22h00

À primeira vista pode parecer um truque de prestidigitação. Mas é uma das mais recentes maravilhas da eletrônica. Graças a uma luva inventada nos Estados Unidos, equipada com fios de fibra ótica, é possível repetir na tela de um terminal de computador os movimentos da mão. Cada movimento dos dedos enluvados aciona um dispositivo eletrônico que transmite sinais luminosos a um foto-transistor localizado perto do pulso. Este os transforma em sinais elétricos e os envia para o computador. Com a luva, o operador pode simular operações de forma mais cômoda e rápida do que com equipamentos digitais normais. A NASA pensa em utilizá-la, por exemplo, para simular movimentos de astronautas nos controles de uma nave espacial. Mas a luva também poderia ser usada em operações de controle remoto. Nesse caso, em vez de obedecer a uma lista de comandos, um robô do lado de fora da nave seria capaz de fazer manobras e executar reparos, repetindo com toda a precisão os movimentos dos astronautas.

Publicidade