Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

A realidade virtual na prática

Ela não é mais uma promessa. Finalmente chegou ao mercado, na forma de um produto concreto: o capacete Samsung Gear VR. Como todo pioneiro, não é perfeito. Mas é bem interessante.

Por Fernando Badô Atualizado em 31 out 2016, 19h05 - Publicado em 7 dez 2015, 19h15

Ele custa por volta US$ 200 e requer um celular Galaxy Note 4 ou Galaxy S6 – que vai encaixado na frente do capacete e gera as imagens que você vê. Tem cerca de 20 apps: vídeos, jogos (que você controla com a cabeça ou com um joystick) e demos simples. Mas a Samsung promete cinco novos downloads por semana, como jogos da NBA, que você vê como se estivesse na arquibancada (ao mover a cabeça, o seu ponto de vista muda). Também há conteúdo do tipo na loja Google Play – como um show de Paul McCartney em RV. A realidade virtual mal nasceu. Mas nasceu bem.

Leia mais: 
Você é um analfabeto digital?
Felicidade total

 

Publicidade