GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Atriz é mãe do telefone celular

Ao usufruir da comodidade de sacar um telefone celular do bolso ou da bolsa, quase ninguém foi informado de que, em grande parte, deve o conforto a uma velhinha simpática, de 84 anos de idade, que vive na Flórida. Ela se chama Hedy Lamarr e estrelou, entre outros, o clássico Sansão e Dalila (1949), filme dirigido por Cecil B. De Mille. Antes de se mudar para Hollywood, a atriz alemã esteve casada com um fabricante de armas e aprendeu como era fácil bloquear o sinal contínuo que controlava os mísseis. Separou-se do marido ao perceber o envolvimento dele com nazistas e foi para Londres. Aí teve a idéia: se a freqüência de radiotransmissão não fosse fixa, ou seja, se variasse no caminho entre o emissor e o receptor, seria difícil para uma terceira pessoa interferir e bloquear a mensagem. Sem saber, a atriz estava inventando o padrão de comunicação que seria depois adotado pela Marinha americana e pela telefonia celular. Ela patenteou a idéia mas não chegou a ganhar dinheiro com ela. Este ano, recebeu uma menção honrosa do governo americano “por abrir novos caminhos nas fronteiras da eletrônica”.