GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Computador consegue imitar os discursos de políticos

Software aprendeu a falar depois de analisar 3.857 declarações de candidatos

Amherst não é candidato à presidência. Ele também não pensa em concorrer a algum cargo político – mas ele ‘sabe’ como ganhar votos. Amherst, no caso, é um software – que consegue imitar os discursos feitos por políticos em época de campanha eleitoral.

Criado pela pesquisadora Valentin Kassarnig, da Universidade de Massachussetts, o software analisou 3.857 declarações feitas por Republicanos e Democratas durante 53 debates que antecederam as eleições norte-americanas de 2005. A partir daí, o robô desenvolveu um vocabulário composto por 50 mil frases. Basta definir o tema -como educação, saúde ou segurança pública-, e ele começa a discursar. 

LEIA: 9 ferramentas gratuitas para você aprender a programar

Um exemplo. “Consumidores de baixa renda têm o direito de renegociar suas dívidas. Eles precisam de dinheiro para cuidar dos filhos. Eles precisam de transporte. Isso [a renegociação] permite que eles se reestabeleçam na vida, o que é muito importante”, escreve o software. Até que engana bem.

Para Kassarnig, o robô (que também pode ser usado para medir o grau de semelhança entre dois políticos) mostra como as promessas de campanha são repetitivas e facilmente decifráveis. “Os eleitores se habituaram a ouvir esses discursos, sem dar a devida atenção ao que realmente eles querem dizer”, explica a pesquisadora

LEIA TAMBÉM:
Software é capaz de identificar sarcamo em textos na internet
A inteligência das máquinas: com elas decifram os seus desejos e preferências