GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Da válvula ao chip em um século

Se os automóveis tivessem evoluído tanto quanto os componentes eletrônicos, um motor de carro hoje caberia em uma caixa de fósforos e com 1 litro de gasolina se andaria 100 000 quilômetros. Desde a invenção da válvula, em 1906, até os telefones sem fio, rádios e computadores de hoje houve uma verdadeira revolução. Mas foi o transistor, em 1948, que deu o maior empurrão nas mudanças. Cerca de 200 vezes menor que a válvula e mais eficiente, ele ajudou a miniaturizar tudo o que já se havia feito, além de abrir caminho para novidades como os satélites. Depois, veio o circuito integrado, que colocava milhares de transistores sobre uma única lasca (chip, em inglês) de silício. Hoje, há chips com mais de 3 milhões de transistores em 1 centímetro quadrado. E já se fala em biochips que poderão armazenar toda a informação contida em um cérebro humano.