GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Dor eletrônica

Fábio Peixoto

É inegável que o Radiohead tem um grande mérito: não se repete. O novo álbum, Kid A (EMI), é ainda mais pirado do que OK Computer, aclamado como revolucionário. Prova disso é o fato de que a primeira guitarra a soar com força no disco só surge na sexta faixa. Os vocais angustiados são quase sempre acompanhados por teclados climáticos e batidas eletrônicas. Soa estranho, mas é ótimo.