GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Fome de tecnologia

Os equipamentos de cozinha que vão deixar tudo mais gostoso

Bruno Garattoni

Na medida

Tem 3 compartimentos que preparam os alimentos separadamente (dá para fazer o arroz, o feijão e o bife de uma vez só) e um sistema computadorizado que controla o preparo de cada um – para que tudo fique pronto ao mesmo tempo.
Morphy Richards Intellisteam, o Reino Unido: R$ 335, http://www.morphyrichards.co.uk


Pizza (quase) instantânea

Uma pizza congelada, dessas de supermercado, demora para ficar pronta – são 20 minutos para aquecer o forno e mais 10 para assar a pizza. Como usa resistências elétricas, que esquentam instantaneamente, este aparelho é muito mais rápido: leva apenas 7 minutos para deixar a redonda no ponto.
Presto Pizzazz Oven, nos EUA: R$ 120, http://www.gopresto.com


Fritas sem gordura

Usa um sistema de ar quente que permite fritar batatinhas com 97% menos óleo – uma colherzinha de chá é o suficiente para fazer 1 kg de fritas. A panela (que é elétrica) tem um filtro que não deixa a cozinha fedendo, e avisa quando a comida está pronta. O único porém é que a fritura demora 40 minutos.
Tefal Actifry, no Reino Unido: R$ 370, http://www.tefal.co.uk


Nariz eletrônico

É um aparelho que diz se a carne crua está boa ou não. Basta encostar o sensor na carne durante 60 segundos. Ele mede os gases emitidos por mais de 2 mil tipos de micro-organismo e com base nisso calcula a quantidade de bactérias presentes no alimento, dando seu veredicto – luz verde quer dizer que a carne está boa, amarelo mais ou menos, e vermelho significa estragada.
Sensor Fresh Q, nos EUA: R$ 210, www. fqsinternational.com

Bacana do mês

Cinema portátil

O que é: Um projetor de bolso.

Qual é o barato: Mede aproximadamente o tamanho de um iPod e pesa só 120 gramas. Mas é muito poderoso: transforma qualquer parede numa tela de até 65 polegadas. Também tem seus pontos fracos (a resolução, de 480 x 320 pontos, é apenas razoável, e a bateria recarregável dura só 90 minutos), mas é revolucionário.
Optoma Pico, nos EUA: R$ 1 000, http://www.optoma.com

Dança do tchibum

O que é:
Uma caixa de som flutuante.

Qual é o barato: O produto vem com um transmissor wireless, com alcance de 70 metros, que você deve conectar ao seu toca-mp3. Ele manda o som para este alto-falante à prova d’água, que mais parece uma bola de vôlei e pode ser usado para ouvir música e brincar na piscina, inclusive à noite – tem luzinhas que o fazem brilhar no escuro.
Grace Digital Audio, R$ 1 490, http://www.mevolution.com.br

Viajada e conectada

O que é:
Uma câmera wi-fi.

Qual é o barato:
Chega de levar o computador na sua bagagem ou ficar procurando um cibercafé para descarregar as fotos. Esta câmera, que fotografa com resolução de 10 megapixels e grava vídeos com resolução de 640 x 480 pontos, manda tudo para a internet sozinha. Basta que você vá a um ponto que dê acesso wi-fi. Cybershot DSC-G3
Nos EUA: R$ 1 250, http://www.sonystyle.com

Chegou o 4G

O que é: Um celular com antena WiMAX.

Qual é o barato: Faz ligações, tira fotos de 5 megapixels, acessa a internet e tem GPS. Tudo como um bom celular topo de linha. A diferença é que ele também é compatível com as redes WiMAX, de 4a geração, que estão começando a surgir pelo mundo e prometem acesso gratuito à internet. Por enquanto, o aparelho só pode ser usado na Rússia.
HTC Max, Na Rússia: preço não definido, http://www.htc.com