GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Impressão: tecnologia de campeões

Você já ouviu falar em fotolito, naturalmente. É aquele negócio que parece um negativo de fotografia, mas é grande, do tamanho desta página. Sem fotolito, todos dizem, é impossível imprimir uma revista. Aliás, para falar a verdade, cada página precisa de quatro fotolitos: um para a cor preta, outro para a cor magenta (um “vermelho” quase rosa), um para o azul e o quarto para o amarelo. Isso porque a impressão também acontece em quatro cores. E, como todos sabem, sem fotolito ela é impossível.

Agora, começando de novo. Você já ouviu falar em fotolito, naturalmente. Pois pode esquecer. Na gráfica da Abril, os fotolitos começam a virar coisa do passado: a revista vai direto dos computadores para a impressão em retogravura, sem escalas. Isso significa mais qualidade gráfica e mais rapidez. E a revista que fez o teste do novo sistema, pioneiro em toda a América Latina, foi exatamente esta, a SUPER. Já em maio, a SUPER era impressa sem passar por fotolitos, no processo chamado filmless. No comando das mudanças, que mereceram um investimento de 5 milhões de dólares, estava Henri Kobata, diretor de serviços editoriais da Abril, jornalista de primeira. Claro que deu certo. Agora em julho, Veja, Exame e Placar também ingressam na nova tecnologia. Logo, logo, virão as outras.

A tecnologia faz revistas mais bem impressas. E faz outras coisas, você sabe. Faz até campeões olímpicos. E a SUPER este mês mostra como computadores, medicina, psicologia, até arquitetura, tudo entra na fabricação das melhores marcas olímpicas. A reportagem, que começa na página 54, foi conduzida pela editora especial Wanda Nestlehner, com o precioso apoio dos colaboradores Heitor Amílcar e Nira Worcman. “É incrível. Você começa a achar que não existe mais limite”, diz Wanda. “Os recordes já parecem imbatíveis, mas a indústria do esporte investe mais e mais, numa bola de neve que vai levar o homem a marcas que eu nem posso imaginar”. E isso não é tudo! Num caderno extra de 19 páginas, com infográficos minuciosos, você verá 22 esportes em câmera lenta. E suas regras, as medidas das quadras, muita curiosidade. Os desenhos são do jornal espanhol El Periódico. As informações foram apuradas por Heitor Amílcar. Heitor não é nenhum atleta, mas pelo seu trabalho dedicado e detalhista, merece uma medalha. De ouro