GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Microsoft Paint vai sobreviver – mas não como gostaríamos

O programa vai ficar de graça na Windows Store - mas não será mais instalado automaticamente em todas as máquinas.

Ontem a internet parou para chorar a morte do Paint. Ou, pelo menos, lamentar a notícia de que a Microsoft iria remover o Paint nas próximas atualizações, depois de 32 anos de existência.

Para quem, assim como a maioria dos mortais, não tinha conhecimentos básicos em editores de imagem, o Paint sempre foi um alento: servia para cortar imagens, transformar arquivos e até criar verdadeiras obras de arte. Foi por causa dessa versatilidade e de sua acessibilidade que o mundo ficou inconsolável ao perceber que teria de viver sem o programa.

Foram tanto os pedidos, tão sinceros tão sentidos, que hoje a Microsoft resolveu voltar atrás. Disse que não ia mandar o Paint de vez para a cova. Em vez disso, vai manter o editor de imagens para qualquer um baixar gratuitamente no Windows Store.

Isso, claro, não é a solução ideal para os artistas frustrados de plantão. A decisão não muda o fato de que o Paint não vai mais vir instalado automaticamente junto com qualquer Windows. Você poderá baixar o Paint em casa, mas a sua empresa dificilmente vai deixar você instalar o editor de imagem para criar obra-primas como essa abaixo, desenhada para celebrar a imortalidade do programa.

 

 (Redação/Superinteressante)

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ricardo Soares

    Poxa, Vida eterna ao Paint hahaha. Eu ainda utilizo para algumas coisas, é uma mão na roda, por ser simples e prático. A Microsoft tava precisando enxugar a lista de software instalados , mas o Paint , o Paint….. Esse poderiam deixar….

    Curtir

  2. Adroaldo R. D.

    Ela não voltou atrás, o plano sempre era esse.

    Curtir