GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O laser nosso de cada dia

Armas poderosas nos filmes de ficção científica, os raios laser já freqüentam o nosso cotidiano. São usados em aparelhos de som, holografias e instrumentos cirúrgicos, só para citar alguns casos. Mesmo assim, poucos sabem que a palavra laser é na verdade uma sigla – Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation (amplificação de luz por emissão de radiação estimulada). Einstein provou que era possível obter o laser, teoricamente, em 1917. Na década de 50 os físicos americanos Charles H.Townes e A.L. Schawlow demonstraram como poderiam ser as máquinas capazes de gerá-los. Chegaram perto, mas o primeiro aparelho de laser só foi construído em 1960, por outro americano. Theodore H. Maiman usou uma luz vermelha, produzida com o auxílio de um cristal de rubi (foto), que tinha pouca tendência à dispersão. Gerava temperaturas mais elevadas até do que as da superfície solar.