GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O prazer da tela grande

Dois documentários de caráter científico você não deve deixar de ver, se tiver oportunidade. Homo Sapiens 1900, do sueco Peter Cohen, e O Jardim do Éden, do italiano Alessandro D’Alatri, se destacam no programa da 23ª Mostra Internacional de Cinema, que vai de 15 a 28 deste mês, em São Paulo. Ambos poderão passar em cinemas de outros estados. Cohen analisa o investimento em eugenia – a ciência que pretendia melhorar a raça humana – na Alemanha nazista e na União Soviética do ditador Josef Stálin (1879-1953). O Jardim do Éden reconstitui a época menos conhecida da existência de Jesus Cristo, entre os 12 e os 30 anos. A pesquisa histórica e arqueológica é um show.

Filme imperdível

• Homo Sapiens 1900 (1998)

• Direção: Peter Cohen (Suécia)

• 85 minutos

• A história da eugenia

Não deixe de ver

• O Jardim do Éden (1998)

• Direção: Alessando D’Alari (Itália)

• 95 minutos

• A vida de Jesus Cristo jovem