Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Os fones de ouvido feitos de magnésio

Modelo desenvolvido pela Yamaha usa esse metal para melhorar a qualidade de áudio. Veja como.

Por Bruno Garattoni Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 19 jan 2023, 07h52 - Publicado em 19 jan 2023, 07h51

Esse é o metal usado na estrutura dos fones YH-5000SE, da marca Yamaha. Ele foi escolhido porque é 18 vezes mais rígido que o aço – e isso evita a formação de microvibrações que distorcem o som.

Outro detalhe interessante é que os fones são ortodinâmicos, ou seja, seus alto-falantes são movimentados por bobinas (fios) que cobrem toda a superfície deles – não só as beiradas, como nos fones comuns.

Imagem do fone com uma setinha apontando para o detalhe do auto falante.
(Yamaha/Divulgação)

O resultado é uma qualidade de áudio astronômica, com preço idem: US$ 5.000. 

Continua após a publicidade

Leia também: O fone mais caro do mundo

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.