GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Os projetos secretos da Apple

Ela guarda seus próximos lançamentos a sete chaves. Mas existem documentos que permitem descobrir o que a empresa está preparando. E o que vai mostrar ao mundo nos próximos anos.

Bruno Romani

Ela desenvolve novos produtos sob sigilo extremo. Mas, para evitar que a concorrência roube suas ideias, é obrigada a patenteá-las: registrar tudo em documentos oficiais que são guardados pelo governo dos EUA (mas podem ser acessados por qualquer pessoa). Analisando esses papéis, é possível saber no que a Apple está pensando – e as surpresas que reserva para os próximos anos*.

iTV
O que é: O último projeto em que Steve Jobs trabalhou, antes de morrer, foi uma televisão. Ele achava as TVs atuais muito complicadas e decidiu reinventar a maneira como interagimos com elas. “Eu finalmente consegui”, disse ao jornalista americano Walter Isaacson. A TV da Apple ainda não foi lançada (e, oficialmente, a empresa nem admite que o produto exista). Mas várias patentes indicam como ela pode ser:

Super-LCD
Deverá usar a tecnologia Fringe Field Switching (FFS), que é uma nova geração de tela LCD – com mais brilho, mais cores e mais contraste do que as televisões atuais. Essa tecnologia existe desde 2003, mas só funcionava em telas muito pequenas. A Apple conseguiu resolver o problema, e criou uma tela FFS de 40 polegadas.

TV social
A televisão da Apple deverá rodar aplicativos de iOS, que poderão exibir conteúdo da internet relacionado ao programa que você está assistindo. E o iPhone, se você tiver um, vai mostrar quais dos seus amigos estão vendo aquele mesmo programa – e você poderá bater papo com eles via iMessage.

Controle remoto
A TV será controlada por um iPhone, que também comandará os outros eletrônicos da sua casa. O legal é como ele aprende a fazer isso: basta tirar uma foto dos controles remotos. A foto é enviada via internet para a Apple, que identifica os modelos dos seus gadgets e configura automaticamente o iPhone.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 4/5
A Apple revolucionou os tocadores de música, os celulares e os tablets. A televisão é sua fronteira final. Por isso, é altamente provável que a iTV acabe chegando ao mercado.


TOUCH SKIN

O que é: Um tecido eletrônico sensível ao toque.

Como funciona: O tecido poderia ser usado para revestir raquetes de tênis, tacos de golfe, painéis e volantes de carro – que passariam a reconhecer toques e gestos do usuário. Para controlar o ar-condicionado ou o rádio do carro, por exemplo, bastaria deslizar o dedo por determinada área do volante. É o fim dos botões.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 1/2
A ideia é ótima. Mas como a Apple não fabrica raquetes, tacos nem carros, não teria tanto assim a ganhar com a invenção (no máximo, poderia licenciá-la a outras empresas).

SINTETIZADOR DE VOZ
O que é: Um aplicativo que lê mensagens de texto enviadas pelos seus amigos – utilizando as próprias vozes deles.

Como funciona: O iOS grava e analisa as vozes das pessoas com quem você fala ao telefone. Aí, quando você receber SMS ou e-mail delas, poderá pedir ao iPhone que leia as mensagens em voz alta. Em vez de usar uma voz robótica, o software consegue imitar a voz do seu amigo.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 1/5
Mirabolante demais.

TELA ELETRÔNICA HÍBRIDA
O que é: Uma tela híbrida, que combina as melhores qualidades do LCD e do papel eletrônico.

Como funciona: Para ler livros e textos longos, não existe nada melhor do que um Kindle – pois sua tela de papel eletrônico é muito mais agradável aos olhos. Para todo o resto, LCD (ou OLED) é a tecnologia ideal, porque tem muito mais resolução e qualidade. A Apple quer juntar as duas coisas e criar uma supertela que seja LCD e papel eletrônico. Como? Sobrepondo duas camadas de tela num só aparelho.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 3/5
A tela híbrida é um sonho ambicioso, que terá de vencer desafios técnicos consideráveis. Mas vale o esforço, pois a recompensa seria espetacular – imagine ter um iPad que fosse capaz de se transformar em Kindle quando você quisesse ler um livro.

CARREGADOR CINÉTICO
O que é: Um iPhone que se autorrecarrega enquanto você anda.

Como funciona: O gerador é uma pequena peça que fica dentro do iPhone e é formada por uma bobina e um ímã. Conforme você anda, o telefone balança dentro do seu bolso ou bolsa. Com isso, o ímã se movimenta em relação à bobina – gerando uma corrente elétrica que carrega o iPhone.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 2/5
Outras empresas também estão buscando essa solução. O problema é que, como o ímã e a bobina são pequenos, geram pouca energia – não o sufi-ciente para alimentar um smartphone.

FONE SEM ENROLAÇÃO
O que é: Fones que não embaraçam.

Como funciona: Os fios são revestidos por um material de elasticidade variável (cada trecho tem uma resistência diferente). Isso evita que o cabo dê voltas sobre si mesmo – e acabe se embaraçando.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 4/5
Hoje, os fones de ouvido da Apple não são nenhuma maravilha, principalmente por uma questão de custo (como eles vêm com o iPhone e o iPod, têm de ser o mais baratos possível). O cabo anti-enrolamento pode ser produzido a custo baixíssimo, e seria um diferencial interessante.

BORDA INTELIGENTE
O que é: Uma nova maneira de usar o iPad.

Como funciona: A faixa preta que contorna a tela do iPad, e que hoje não serve para nada, poderá reconhecer comandos – você poderá dar duas batidinhas nela para ligar ou desligar o aparelho ou deslizar o dedo para ajustar o volume. E quando estiver jogando, a parte de trás do iPad também se torna sensível ao toque (bastaria tocar e deslizar os dedos por ela para controlar o game, substituindo os atuais controles touchscreen).

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 3,5/5
A faixa inteligente seria uma novidade bem útil. Já a superfície traseira sensível parece algo ousado demais, que a Apple provavelmente não irá adotar – porque acabaria confundindo os usuários.

A REINVENÇÃO DO TECLADO
O que é: Um teclado mutante.

Como funciona: É uma superfície sensível ao toque. As teclas são virtuais, só aparecem quando necessário e podem variar conforme o que você está fazendo (quando você entra no Twitter ou no Facebook, por exemplo, poderiam surgir teclas como “like” e “retweet”). Para que a digitação seja mais fácil e confortável, a superfície do teclado é flexível: pedaços dela terão a capacidade de se elevar, formando teclas físicas temporárias.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 4/5
A tecnologia ainda é cara e primitiva, mas já existe.

RASTREADOR DE OLHOS
O que é: Um sistema que monitora os seus olhos.

Como funciona: O iPhone e o iPad saberiam para qual parte da tela você está olhando, e reagiriam a isso. Para rolar um texto, por exemplo, bastaria olhar para a parte de baixo da tela.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 5/5
Muito provável – principalmente considerando que o Galaxy S III, da Samsung, já possui uma versão primitiva dessa tecnologia (o celular sabe que você está olhando pra ele, e evita que a tela seja apagada para economizar bateria).

ÓCULOS ANTIXERETA
O que é: Um sistema para impedir que outras pessoas espiem o seu iPhone ou iPad.

Como funciona: Com um clique, você ativa o modo anti-xeretas, e aí a imagem da tela fica toda embaralhada – e só você, que está usando um óculos especial, consegue lê-la.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 3/5
Usar óculos eletrônicos só pra evitar que as pessoas espiem a tela do seu iPhone? Mais do que paranoico, seria ridículo. Mas é possível que, em algum momento, a Apple desenvolva um par de óculos digital (até porque o Google promete lançar um em 2013). Se isso acontecer, o modo antixeretas deverá ser uma de suas funções.

TERROR DAS OPERADORAS
O que é: Um sistema que muda automaticamente de operadora de celular.

Como funciona:
O sistema dispensa os chips de operadora – e permite que o iPhone troque automaticamente de rede conforme a situação. Se você for ligar para um amigo que é cliente da operadora X, por exemplo, o iPhone percebe e usa essa rede, para que você economize na conta.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 2/5
O grande obstáculo é político – as operadoras provavelmente iriam detestar, porque não querem perder faturamento nem clientes. Mas os consumidores iriam adorar. E vale lembrar que, na década passada, a Apple conseguiu dobrar um setor conservador: a indústria fonográfica, que foi convencida a vender suas músicas pelo iTunes.

ALTER EGO VIRTUAL
O que é: Um clone seu na internet.

Como funciona: Hoje, quando você navega na internet, é monitorado silenciosamente por várias empresas – entre elas o Google e o Facebook, que têm como saber os endereços de alguns dos sites que você acessa. Contra isso, a Apple propõe um software de defesa, que seria instalado no seu computador e criaria um perfil falso, com dados falsos, sempre que alguma empresa tentasse seguir você.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 1/5
Ajudar as pessoas a fornecer dados falsos na internet? Não iria pegar bem para a Apple.

IPHONE INQUEBRÁVEL
O que é: Sistema que protege de quedas.

Como funciona: A tela do iPhone teria uma espécie de amortecedor, que ajudaria a protegê-la se o celular caísse no chão.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE – 1/5
Infelizmente, é pouco provável – porque o amortecedor deixaria o iPhone mais grosso, o que a Apple certamente não irá querer.

OUTRAS EMPRESAS
A Apple não é a única com pesquisas e ideias instigantes. Veja algumas coisas que estão sendo estudadas por outras gigantes da tecnologia:

NOKIA
TATUAGEM DIGITAL
O que é: Uma tatuagem temporária que avisa quando chegou e-mail ou SMS.

Como funciona: Você colaria pequenas etiquetas, que parecem tatuagens, na pele. Aí, o seu smartphone emitiria um sinal capaz de fazer essas etiquetas vibrarem – alertando você quando chegasse uma nova mensagem.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE: 2/5
Hoje parece bizarro. Mas daqui a dez anos pode muito bem estar na moda.

GOOGLE
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL
O que é: Um software capaz de interpretar os vídeos do YouTube

Como funciona: Quando um vídeo é enviado para o YouTube, o software analisa as imagens e compara com os clipes que já estão no acervo do site. Dessa forma, consegue identificar sobre o que é o vídeo – e até os nomes das pessoas que aparecem nele.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE: 5/5
O programa Picasa, do Google, já oferece algo similar para fotos.

INTEL
DETECTOR DE ESTRESSE
O que é: Um aplicativo que sabe quando você está nervoso.

Como funciona: Enquanto você fala ao telefone, esse app analisa sua voz para identificar sinais de estresse (como aceleração da fala e tonalidade mais aguda). A partir daí, ele poderia tomar as medidas adequadas, como bloquear todas as chamadas e SMS por algum tempo.

CHANCE DE VIRAR REALIDADE: 4/5
Um protótipo já foi testado – segundo seus criadores, com 81% de acerto.

*Procurada pela SUPER, a empresa não quis comentar as patentes descritas nesta reportagem.


PARA SABER MAIS

US Patent and Trademark Office
http://www.uspto.gov

Patently Apple
http://www.patentlyapple.com