GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Por que alguns endereços da web são .net e outros são .com?

Originalmente, a sigla “.net” só era usada nos sites de órgãos não comerciais ligados à internet, enquanto o “.com” servia para empresas comuns. Hoje, porém, não existe mais essa diferenciação, e qualquer uma das duas siglas pode ser escolhida por quem cria um novo endereço na web.

Essas terminações funcionam como uma espécie de sobrenome do site e são chamadas de TLDs – abreviação de “domínio de topo”, em português. Elas entram na parte final do nome e servem para indicar que tipo de site é aquele. No caso do “.net” e do “.com”, a TLD não revela muita coisa, pois ambas podem ser usadas em praticamente qualquer tipo de site. Mas existem TLDs mais específicas, como você confere abaixo.

Para usar a maior parte desses domínios, é preciso pagar uma taxa anual às empresas que os gerenciam, sendo que cada país tem leis específicas a respeito. No Brasil, quem gerencia as TLDs é o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br).

SOBRENOMES ONLINE

Sigla menos popular no Brasil foi registrada por apenas três sites

.NET E .COM

As mais famosas siglas da web são controladas pela empresa americana Verisign. Até abril, a versão “.com.br” não podia ser usada por pessoas físicas, apenas por empresas. Agora a sigla está liberada para todo mundo, mediante o pagamento de uma taxa de 30 reais por ano

.ORG

É uma TLD relacionada a entidades sem fins lucrativos e assistenciais, como ONGs e empresas filantrópicas. Para usar um “.org”, o interessado deve provar que seu site se encaixa nesse perfil não comercial, apresentando vários certificados

.NOM

O “nom” é uma abreviação de “nome”. Foi criado especialmente para pessoas físicas, mas não pegou muito. A principal vantagem do “.nom.br” é a taxa mais barata do que a das demais TLDs: o custo desse domínio é de 10 reais por ano

.GOV.BR

Foi criado apenas para o uso em sites do governo e não pode ser requerido nem por pessoas nem por empresas. Recentemente, o poder judiciário brasileiro também pediu a criação de sua própria TLD: “.jur”

.CAN.BR

Novas TLDs surgem com freqüência. Uma das mais novas criadas no Brasil foi a “.can”, nascida especialmente para hospedar sites de candidatos de todos os partidos às eleições municipais, estaduais e federais

.ZLG.BR

A sigla menos popular da internet brasileira era registrada por apenas três sites até o mês de agosto. Ela foi criada para servir a sites de zoólogos. Só para comparar, a TLD “.com.br”, líder no Brasil, é usada por quase 1 milhão e 300 mil sites