Clique e assine com até 75% de desconto

Quase-cristais na cozinha

Pesquisadores franceses descobriram que os quase-cristais, ou vidros metálicos, são ideais para o revestimento de panelas e frigideiras, pois são excelentes condutores de calor, resistem à abrasão e à corrosão e suportam temperaturas de até 400 graus Celsius.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h50 - Publicado em 30 jun 1990, 22h00

Uma empresa francesa pretende revolucionar os utensílios de cozinha usando como revestimento de panelas e frigideiras as chamadas ligas de quase-cristais ou vidros metálicos. Com esse revestimento, espera-se reduzir a 1/10 o tempo de cozimento e assim conseguir maravilhas como fritar um bife em 30 segundos ou cozinhar o arroz em menos de 20 minutos. As ligas de quase-cristais, geralmente à base de alumínio, têm átomos dispostos de forma aproximadamente simétrica, daí o nome. Elas se tornaram conhecidas há seis anos, mas somente em 1987 suas propriedades despertaram o interesse dos tecnólogos. Graças a três pesquisadores franceses se descobriu que os quase-cristais são ideais na cozinha: excelentes condutores de calor, resistem à abrasão e à corrosão e suportam temperaturas de até 400°C.

Publicidade