GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Sonda Phobos, lua marciana e asteróide

Sonda Phobos 2 divulga quarenta fotografias da lua marciana.

Escolhido pelos soviéticos como a porta de entrada de Marte, o satélite Phobos, muito próximo ao planeta, deu a impressão por algum tempo de que continuaria hermeticamente fechado à curiosidade humana. As duas sondas espaciais que deveriam pousar ali no início do ano passado, fornecendo informações inéditas sobre a composição de sua superfície, perderam-se no meio do caminho entre a Terra e Marte.
Durante meses, acreditou-se por isso que o esforço soviético tinha sido inútil. Até que foram divulgadas quarenta preciosas fotografias tiradas pela sonda Phobos 2 a uma distância mínima de 200 quilômetros, antes de se perder no espaço, mostrando o formato irregular, como de uma batata esburacada, dessa lua marciana. As imagens serviram para identificar no satélite um material semelhante ao condrito carbonáceo, presente em meteoritos, o que reforça a teoria de que Phobos na verdade seria um asteróide atraído pelo campo gravitacional de Marte.