Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Uma poça seca em Marte

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h34 - Publicado em 31 jul 1998, 22h00

A sonda Mars Global Surveyor, da Nasa, em órbita de Marte, tem fotografado alguns pontos que já haviam sido vistos por sua antecessora, a nave Viking 2, em 1978. Mais nítidas, as novas imagens revelam detalhes que as antigas não podiam captar. Desta vez, a sonda fotografou uma cratera de 50 quilômetros de diâmetro, que fica no hemisfério sul marciano. E descobriu que um dia ela pode ter abrigado um lago. A desconfiança vem das marcas de canais nas bordas do buraco e da diferença de cores entre as paredes e o fundo. Apesar de não descartar outras hipóteses – como lava escorrida –, os especialistas da Nasa crêem que o terreno escuro é formado por sedimentos depositados por enxurradas que um dia fluíram pelas bordas.

Publicidade