Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Viagem por Marte em dois minutos

NASA faz filme de Marte, aproveitando as imagens obtidas pelas sondas espaciais Viking, que pousaram no planeta em 1976.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h48 - Publicado em 31 Maio 1989, 22h00

O filme certamente não será candidato ao Oscar de 1990, mas pode ser considerado desde já um dos mais interessantes do ano. Aproveitando imagens obtidas pelas sondas espaciais Viking que pousaram em Marte em 1976, o Laboratório de Jatopropulsão (JPL) da NASA fez um curtíssima-metragem de dois minutos sobre o chamado planeta vermelho. Graças à simulação por computador, quem assiste a Marte, o filme faz um passeio por este vizinho da Terra, com escala nas suas principais “atrações turísticas”: o Vallis Marineris, um cânion colossal de 3800 metros de profundidade e 3 mil quilômetros de extensão – equivalente à distância entre Rio de Janeiro e Fortaleza -, e o monte Olimpo, de 20 mil metros de altura, o triplo de nosso insuperável Everest.

Obviamente, a intenção do JPL não é fazer cinema mas fazer ciência. O relevo acidentado de Marte, devidamente realçado com a ajuda do computador, pode ajudar os astrônomos a compreender a história do planeta. Um dos principais mistérios de Marte, por exemplo, são os canais que se suspeita serem testemunhas de uma época longínqua em que havia água e talvez formas elementares de vida na superfície (SI n.º 3, ano 2).

 

 

Para saber mais: SuperMundo

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade