Clique e assine a partir de 8,90/mês

A Amazônia não é o pulmão do mundo

Quem merece esse título são as algas marinhas, mas isso não quer dizer que destruir a floresta não traria nenhuma consequência

Por Rafael Battaglia - 30 ago 2019, 15h22

Defender a Amazônia é uma necessidade. Mas nada justifica mentira e desinformação. A Amazônia não produz 20% do oxigênio do mundo. O fato é que todas as selvas e bosques do planeta, juntos, produzem 24%. E tem um detalhe: a floresta consome praticamente tudo. Logo, essa história de “pulmão do mundo” não confere.

Na verdade, são as algas marinhas que fazem a maior parte desse trabalho – elas jogam na atmosfera quase 55% de todo o oxigênio produzido no planeta. E mais: florestas como a Amazônia, segundo os cientistas, são ambientes em clímax ecológico. Isso quer dizer que elas consomem todo – ou quase todo – o oxigênio que produzem.

Publicidade