Clique e assine a partir de 8,90/mês

Conheça o edscottita, o mineral alienígena

Até agora, a única evidência de que o dito cujo de fato existe é, literalmente, de outro planeta – um meteorito que caiu na Austrália em 1951.

Por Maria Clara Rossini - 18 set 2019, 12h40

Em 1951, um pedaço de rocha de 210 gramas despencou do céu próximo a Wedderburn, na Austrália. O meteorito chamava a atenção por sua cor marrom-avermelhada, e logo foi batizado em homenagem à cidade onde aterrissou. Mas a coloração incomum estava longe de ser sua característica mais exótica. Quase 70 anos após a queda, cientistas descobriram que, dentro dele, existe um mineral inédito, jamais encontrado em qualquer lugar do planeta.

Publicidade