Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Bruno Garattoni Por Bruno Garattoni Vencedor de 13 prêmios de Jornalismo. Editor da SUPER.

Apple é condenada a pagar a maior multa da história

Por Bruno Garattoni Atualizado em 21 dez 2016, 09h41 - Publicado em 5 set 2016, 15h56

apple_homeA Apple foi condenada pela União Europeia a pagar multa de US$ 14,5 bilhões por evasão fiscal. A empresa criou uma subsidiária na Irlanda, onde a carga tributária é menor, e remeteu seus lucros para lá – e isso, segundo as autoridades europeias, fez com que ela pagasse menos impostos do que deveria. Em 2014, a Apple teria pago o equivalente a apenas 0,005% do seu lucro.

A punição é maior da história. A British Petroleum recebeu uma multa maior, de US$ 20,8 bilhões, por derramar petróleo no Golfo do México em 2010, mas só teve de pagar US$ 5,5 bilhões (conseguiu deduzir o resto do imposto de renda). O Bank of America, um dos responsáveis pela crise econômica global de 2008, foi multado em US$ 16,7 bilhões, mas só teve de pagar US$ 9,65 bi.

A Apple se manifestou sobre o caso, dizendo que não fez nada de errado e só estava seguindo as leis da Irlanda – que também beneficiaram outras empresas. A empresa vai recorrer da decisão.
O governo irlandês também se defendeu, alegando que o país tem soberania para decidir quanto imposto cobrar. A Apple tem aproximadamente US$ 215 bilhões em reservas. 90% do dinheiro está alocado fora dos EUA, onde fica a sede da empresa.

Publicidade