Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Bruno Garattoni Por Bruno Garattoni Vencedor de 12 prêmios de Jornalismo. Editor da SUPER.

Microsoft mostra novos Surface – e provoca Apple com modelo “2x mais potente” que o MacBook Pro

Por Bruno Garattoni Atualizado em 21 dez 2016, 09h42 - Publicado em 6 out 2015, 16h28

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=XVfOe5mFbAE?feature=oembed&w=474&h=267%5D

O último evento da Apple, em setembro, chamou atenção pelo alinhamento com a Microsoft – que foi até chamada ao palco para mostrar o Office rodando em iPad. Mas no evento da própria Microsoft, hoje, o tom foi diferente. Ao apresentar os novos produtos da linha Surface, a empresa aproveitou para fazer um ataque direto à Apple: e dizer que seu novo topo de linha, o Surface Book, é “duas vezes mais potente” que o Macbook Pro.

A máquina, que vai custar US$ 1.500 nos EUA (e ainda não tem previsão de lançamento no Brasil), possui tela de 13,5″ com densidade de 267 dpi (contra 227 do MacBook Pro), chassi de magnésio, bateria com duração de até 12 horas e uma dobradiça diferentona, mais fácil de entender vendo – confira no vídeo. Segundo a Microsoft, a máquina pesa apenas 728 gramas, menos da metade do MacBook Pro.

O teclado é destacável, o que permite transformar o Surface Book em tablet. Ele vem com processador Intel Core i7, 16 GB de memória RAM, um novo chip gráfico nVidia e até 1 terabyte de espaço de armazenamento. Ao falar em “2x mais performance”, a Microsoft provavelmente está se referindo ao chip gráfico (cujo modelo não foi informado) e ao processador Core i7 – porque o MacBook Pro de 13″, com o qual o Surface Book concorre, atualmente só chega ao Core i5 (o i7 só está disponível no MacBook
maior, com tela de 15″). Parece bem impressionante.

A Microsoft também mostrou o Surface Pro 4, sua resposta à chegada do iPad Pro, três novos celulares Lumia, e anunciou que os óculos de realidade aumentada Hololens começarão a ser vendidos, em versão para desenvolvedores de software, por US$ 3.000.

 

Continua após a publicidade
Publicidade