Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Conheça o remédio para ressaca mais antigo da história

Por Carol Castro Atualizado em 21 dez 2016, 10h00 - Publicado em 28 abr 2015, 17h45

papiro

A velha e conhecida ressaca é assunto desde muito tempo atrás – mais exatamente: desde os anos 100 d.C. Foi por essa época que os egípcios documentaram soluções para fugir da característica dor de cabeça e ânsia de vômito. As tais receitas estavam entre os mais de 500 mil papiros encontrados em escavações feitas em Oxyrhynchus, no Egito, no fim do século 19.

Pesquisadores traduziram e publicaram recentemente os documentos. Para “dor de cabeça embriagada”, a sugestão é amarrar folhas e arbustos de uma planta bem verde, conhecida como Dane racemosa (ou ruscus italiano ou laurel Alexandrino), e usar no pescoço como um colar. Há ainda outros 21 textos médicos com segredos para tratar doenças – mas são bem menos interessantes que pensar em novas soluções para ressaca.

Ninguém ainda sabe dizer se as tais receitas funcionam. “Os remédios parecem cruzar o que chamamos de barreira entre a magia e a medicina”, diz David Leith, da Universidade de Exeter. Bem, se você tiver uma dessas folhas aí sobrando, não custa nada ver até onde vai a magia.

Leia também:
2 jeitos cientificamente comprovados de fugir da ressaca
Ressaca deixa você burro
Ressaca piora com a idade

Continua após a publicidade
Publicidade