Clique e assine a partir de 8,90/mês
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Jogar Angry Birds faz bem para o cérebro

Por Thiago Perin - Atualizado em 21 dez 2016, 08h50 - Publicado em 7 fev 2012, 08h27

Pode viciar nos seus joguinhos sem culpa. Um novo estudo de pesquisadores dos EUA diz que games como o Angry Birds fazem bem mais do que matar o tempo: melhoram a memória e podem prevenir (ou ao menos adiar) diagnósticos de Alzheimer.

A pesquisa foi feita com 65 pessoas, entrevistadas várias vezes ao longo da vida (desde os 6 anos) a respeito de seus hábitos e submetidas a exames de ressonância magnética.

Segundo os cientistas, os participantes que estimulavam o cérebro com frequência com atividades que pedem foco (e aí entram, além de atirar pássaros no smartphone, resolver palavras cruzadas ou mesmo ler e escrever bastante) desenvolviam menos as proteínas que causam o Alzheimer, chamadas amilóides — o que, além de afastar a doença, mantém a mente saudável e afiada por mais tempo.

Continua após a publicidade

Olha aí o CIÊNCIA MALUCA, mais uma vez, ajudando você a justificar a procrastinação. E aí, quais são os seus games preferidos?

Crédito da foto: flickr.com/carbonnyc

Leia também:
Emagrecer melhora a memória
Procrastinar na internet aumenta a produtividade
Mau humor faz bem para o cérebro

Publicidade