Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Ciência Maluca Por Blog As pesquisas mais importantes para você compreender a sua vida - e as mais inusitadas para você entender todo o resto. Por Tiago Jokura

Por que comerciais sensuais simplesmente não funcionam

Por Carol Castro Atualizado em 21 dez 2016, 09h54 - Publicado em 14 out 2015, 18h36

comercial

Pense rápido: qual é a marca da cerveja do comercial com a Verão? É possível que você não se lembre logo de cara – ou que até tenha decorado, depois de tantas polêmicas envolvendo a propaganda. Mas a verdade é que fazer apelações sensuais não faz o menor sentido para a publicidade.

E não se trata de um palpite pessoal, não. É ciência.

Pesquisadores da Universidade do Estado de Ohio, nos Estados Unidos, analisaram 53 estudos, com mais de 8 mil pessoas, para saber qual impacto os comerciais violentos ou sensuais têm nas vendas (e nas pessoas). Quando as pessoas veem essas cenas, o coração acelera e a pele esquenta, como esperado. Só que isso não desperta qualquer vontade de consumir e não ajuda ninguém a guardar a marca na memória. Pelo contrário: as pessoas tendem a gostar menos desse tipo de propaganda.

Segundo a pesquisa, a capacidade de foco dos seres humanos é limitada. Quando uma propaganda mostra cenas eróticas, toda a atenção acaba se volta para o corpo dos atores seminus. E não sobra espaço nem para ver o que diabos estão tentando vender na tevê.

Não é uma boa notícia? Quem sabe assim os publicitários desistem de apostar em propagandas de cerveja tão machistas.

Créditos da foto: flickr.com/healinglight/

Leia também:
Propaganda aumenta prazer do espectador

Tornozelo é o lugar mais gostoso de coçar

Pessoas feministas são mais felizes no amor

Continua após a publicidade
Publicidade