Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

Qual é a marca de papel higiênico usada pela Dilma?

No ano passado, uma pergunta instigante, íntima e incrível chegou do ensolarado Ceará. A resposta foi publicada na ed.319, de junho de 2013: Ó, ser das mais esplêndidas respostas, até mesmo das questões mais fisiológicas que existem. Responda-me se for capaz: autoridades como a presidente Dilma e o papa Francisco usam um papel higiênico especial […]

Por Oráculo Atualizado em 21 dez 2016, 08h50 - Publicado em 5 Maio 2014, 21h29

No ano passado, uma pergunta instigante, íntima e incrível chegou do ensolarado Ceará. A resposta foi publicada na ed.319, de junho de 2013:

Ó, ser das mais esplêndidas respostas, até mesmo das questões mais fisiológicas que existem. Responda-me se for capaz: autoridades como a presidente Dilma e o papa Francisco usam um papel higiênico especial ou somos todos iguais perante nossa hora de rei?
Avelino Neto, Banabuiu, CE

Em 2011, a marca Renova lançou um papel higiênico em homenagem à visita de Bento 16 à Espanha. Eram dois rolos perfumados, um amarelo e outro branco (as cores do Vaticano). Segundo Sérgio Pereira Couto, autor do livro Os Arquivos Secretos do Vaticano, o papel continuou sendo vendido para a terra do trono de Pedro (sem piada, por favor) desde então, além de um outro, rosa e perfumado, da marca Pietá. Já o Planalto é mais fechado quanto a isso. Na prestação de contas à população, esse item aparece como “material de higiene e manutenção”. Na última sala com acesso à imprensa antes do gabinete da presidente, o papel higiênico é Kimberly Clark, naquele sistema de folhas avulsas, comum em escritórios. A assessoria de imprensa do Planalto não quis confirmar se é o mesmo usado por Dilma ou não. Enrolou (sério, sem piada).

 

Pois bem.

Continua após a publicidade

 

Passaram-se meses, manifestações, black blocs, tapetões no Brasileirão, as obras da Copa ainda não terminaram, muita (?) gente acha que #nãovaitercopa, e aí algo de novo aconteceu: essa semana um intrépido discípulo do Oráculo adentrou as câmaras secretas do Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente do Brasil, para um evento da  Dilma.

Nosso perspicaz enviado, atendendo também aos chamados da natureza, correu ao banheiro, aliviou-se, sacou o celular do bolso e fotografou o papel higiênico disponível no Alvorada:

Neve

Aviso 1: aos engraçadinhos haters anunciadores do Apocalipse dos comentários online: isso não é post pago, é jornalismo e serviço ao leitor da SUPER, por mais que a informação não vá mudar a vida de ninguém.

Aviso 2: não se sabe se nosso agente lavou as mãos antes ou depois de usar o celular para o flagra. Para os perigos e paranoias a respeito, leia isto.

Continua após a publicidade
Publicidade