Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Avião a energia solar

Por Thays Prado - Atualizado em 21 dez 2016, 10h31 - Publicado em 29 jun 2009, 17h57

Na onda das fontes energéticas limpas, a novidade é o HB-SIA, mais conhecido como Solar Impulse, um protótipo de avião movido a energia solar, idealizado pelo suíço Bernard Piccard – aquele que ficou famoso ao fazer o primeiro voo ao redor do mundo, sem escala, em um balão de ar quente, o Orbiter 3, em 1999.

Com o peso de um carro comum, as asas semelhantes às de um jato Jumbo, quatro motores e 24 mil células solares para gerar energia, o avião deve ganhar os ares ainda este ano.

Para quem está se perguntando o que pode acontecer se começar a chover ou escurecer em pleno vôo, a resposta está nas baterias de alto desempenho que armazenam energia suficiente para mover o avião dia e noite.

Tanto que, estão previstos testes em voos noturnos para o ano que vem. E uma nova versão do Solar Impulse – o HB-SIB – deve atravessar o Atlântico e os EUA em 2012 e, em seguida, dar a volta ao mundo em cinco etapas, percorrendo o mesmo trajeto feito pelo balão de Piccard.

Continua após a publicidade

A inovação pode se tornar um meio de reduzir em 5% as emissões de gases de efeito estufa do planeta – valor calculado para a frota de aviões – e deixar os fabricantes de todos os meios de transporte sem desculpas para abandonar os combustíveis fósseis e aderir ao mundo fotovoltaico.

Via Info

Publicidade