Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Google Earth incentiva produção de energia solar

Por Débora Spitzcovsky Atualizado em 21 dez 2016, 10h33 - Publicado em 6 jun 2011, 15h31

   

A cidade de Berlim, na Alemanha, assumiu mundialmente o compromisso de reduzir em 40% suas emissões de CO2 até 2020 – em relação aos níveis de 1990 – e sabe como o governo pretende cumprir essa meta? Com a ajuda de um aplicativo do Google Earth: o Solar Atlas Berlin.    

O programa, desenvolvido pelo próprio Senado de Berlim, mostra todo o território da cidade em 3D, apontando quais são os telhadosde edifícios públicos, residenciais e comerciais – com maior potencial para a geração de energia solar

Baseado em critérios como inclinação, incidência de raios solares e período diário em que o telhado fica na sombra, o aplicativo revela o potencial de produção de energia solar de cada cobertura, além dos custos do investimento e do índice de redução de emissões que geraria.

A ideia é mostrar à população e, principalmente, aos grandes empresários que a produção de energia solar é rentável e, assim, estimular a instalação de painéis solares nos locais apontados pelo aplicativo como interessantes economicamente. Os proprietários dos telhados podem escolher fazer o investimento ou passa-lo para empresários interessados – e, no caso dos prédios públicos, abre-se licitações.

Continua após a publicidade

Por enquanto, o aplicativo já mapeou cerca de 500 mil telhados de Berlim e, em aproximadamente um ano, estimulou a implantação de mais de 60 sistemas de produção de energia solar nas coberturas da cidade – em prédios como o da Câmara Municipal de Berlim e do famoso hotel Weißensee.

A iniciativa está dando tão certo que foi apresentada como exemplo de estímulo às energias renováveis em ambientes urbanos, durante a C40 São Paulo Summitconferência que reuniu prefeitos e representantes das maiores metrópoles do planeta para trocar experiências e debater ações de combate e adaptação às mudanças climáticas. Já pensou se a ideia se espalhar para outros países? 

Para acessar o Solar Atlas Berlin, é preciso instalar a versão 6.0 do Google Earth e, em seguida, fazer o download do aplicativo, que está em alemão. Há ainda uma versão simplificada do Atlas, em 2D, que não necessita de nenhum outro programa para ser baixada.

Leia também:
O que fazem as cidades da C40 e para onde caminham
 
‘Andei de bicicleta em SP e senti medo’, diz prefeito de Copenhagen 
C40 Summit reúne 47 cidades em São Paulo    

Siga o Planeta Sustentável:

Continua após a publicidade
Publicidade