Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Se Conselho Fosse Bom Por Blog Coluna semanal de perguntas práticas, sentimentais e existenciais enviadas por leitores da SUPER. Por Karin Hueck

“Meu namorado é autoritário, mas moro com ele e estou desempregada. O que faço?”

Independência financeira é independência - é hora de alcançar a sua e pular fora.

Por Karin Hueck Atualizado em 30 jan 2018, 18h38 - Publicado em 30 jan 2018, 16h50

Tenho um relacionamento de 4 anos, mas estamos tendo muitas dificuldades. Meu namorado tem uma personalidade muito forte: tudo tem que ser do jeito dele, se não for, é briga na certa, até mesmo no sexo. Diálogo com ele não existe! Ele sempre foi assim, mas parece que piorou de uns tempos para cá. Não consigo mais ser carinhosa com ele e nem tento mais falar nada. Comecei a me planejar para possivelmente ir morar sozinha, mas, no momento estou desempregada. Fico me perguntando se estou com ele só porque ainda não tenho segurança para sair daqui e ir viver minha vida sozinha. Além disso, tem uma pessoa que está me chamando muito a atenção, nunca trocamos nenhuma palavra, só uns olharem! Estou evitando essa pessoa porque, afinal, ainda estou namorando. Sinceramente, eu não sei o que faço
– Como fugir?
– Cara como fugir
Vamos recapitular: você está com uma pessoa que não leva as suas vontades em consideração, com a qual você não consegue conversar, em cuja casa você não quer mais morar, que força a barra até na hora do sexo (isso tem outro nome) – e você ainda está de olho em outro. Nunca vi tantos argumentos juntos para terminar um namoro. A primeira coisa que você precisa fazer é arranjar um emprego – qualquer um que seja – ou alguém que tope te abrigar por tempo indefinido. Independência financeira é importantíssima, especialmente para mulheres, porque permite que elas não fiquem em relacionamentos ruins. Acione todas as pessoas que você conhece e diga que você precisa sair de casa e topa fazer qualquer coisa – vai ser temporário até você se reerguer. Assim que você tiver para onde ir, diga: “Arnaldo, nosso namoro não está mais funcionando, eu quero terminar” (avise pessoas próximas que você está terminando o namoro para que elas saibam onde você está). Saia de casa e não olhe para trás – olhe para frente, para esse novo mocinho e, quem sabe, até puxe assunto. Para o futuro, lembre-se: ter o seu próprio dinheiro = liberdade. Espero que dê tudo certo.

Publicidade