Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

3 notícias sobre… camuflagem

Uma brancura indesejada, um verde chamativo e um par de asas furtivas.

Por SUPER Atualizado em 15 jan 2021, 09h45 - Publicado em 10 jan 2021, 09h43

Falta de sincronia
A cor da pelagem das lebres-da-montanha acompanha as estações do ano: fica escura no verão e branca no inverno. Na Escócia, contudo, as mudanças climáticas reduziram a época de neve ao longo das últimas décadas. E, com isso, desregularam essa adaptação. Agora, os bichos ficam ao menos 35 dias com pelo branco em um ambiente sem neve – o que pode torná-los  alvo fácil para predadores.

Esconde-esconde
A Fritillaria delavayi é uma erva usada na medicina tradicional chinesa há mais de 2 mil anos. Ela existe em várias cores (marrom, cinza e verde) – e, agora, os cientistas descobriram o porquê dessa variedade. Em regiões onde a colheita é maior, a planta fica mais camuflada. É por isso que, nesses locais, há menos incidência do tipo verde, que se destaca no habitat montanhoso. 

Fala que eu (não) te escuto
Morcegos identificam presas usando ecolocalização (a habilidade de flagrar obstáculos com ajuda do eco), o que torna camuflagens visuais inúteis. Para escapar deles, certas mariposas têm asas com uma camada de escamas que absorve som. Com isso, o sonar emitido pelos morcegos produz menos eco ao encostar nelas, dificultando a caçada – e poupando a vida dos insetos. 

Publicidade