Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Água em Marte era propícia para a vida, aponta estudo

Salinidade e nutrientes da água do nosso vizinho eram semelhantes às dos oceanos terrestres, onde a vida surgiu.

Por Bruno Carbinatto 22 jan 2020, 17h40

A busca por vida alienígena acaba de ganhar mais um elemento intrigante. Um novo estudo identificou que a água que existia em Marte — um dos melhores candidatos a abrigar ou ter abrigado vida em nosso Sistema Solar — era parecida com a água da Terra, e compatível com a existência de seres vivos.

O resultado vem de análises remotas de amostras recolhidas pela sonda Curiosity, da Nasa, que foi enviada ao planeta vermelho em 2011 e desde então vem revelando muito sobre o astro. Estudos anteriores já haviam mostrado que as condições de temperatura e pressão em Marte parecem ser compatíveis com a existência de água no estado líquido, e observações de estruturas que possivelmente seriam deltas (desembocaduras) de rios indicam que, há alguns bilhões de anos, a água de fato corria livremente pela superfície do nosso vizinho cósmico. 

O que chamamos de água, porém, na verdade é uma mistura de H20 e diversas outras substâncias, como sais e gases. A composição do líquido pode variar bastante, e até então não se sabia detalhes sobre a água marciana. O novo estudo, feito por cientistas do Instituto de Tecnologia de Tóquio e publicado na revista Nature Communications, analisou sedimentos sólidos encontrados no fundo do que teriam sido lagos da Cratera de Gale, em Marte. Com isso, eles conseguiram estimar as características da água presente no ambiente no momento em que os sedimentos foram formados.

A equipe concluiu que as características da água de Marte — como pH (grau de acidez), salinidade e proporção de gases H2 e O2 — eram bastante semelhantes às das águas que formam os oceanos terrestres modernos. Foi nos oceanos que, provavelmente, a vida surgiu na Terra, em forma de microrganismos, o que torna a possibilidade de que Marte tenha sido habitável em algum momento ainda maior.

Já há algum tempo Marte é considerado um dos melhores candidatos para ter abrigado vida em nosso Sistema Solar — algumas luas de Júpiter e Saturno também são boas possibilidades, e ainda serão estudadas mais a fundo nos próximos anos. Com a confirmação de que a água de Marte era salgada e rica em nutrientes, o planeta dispara ainda mais nessa competição.

Apesar de tudo, ainda não há evidência direta que Marte seja ou tenha sido habitado por vida. Mas, se de fato a vida existiu no planeta, parece que estamos mais perto de descobrir.

Continua após a publicidade

Publicidade
Ciência
Água em Marte era propícia para a vida, aponta estudo
Salinidade e nutrientes da água do nosso vizinho eram semelhantes às dos oceanos terrestres, onde a vida surgiu.

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade