Clique e assine a partir de 8,90/mês

Animais domésticos

O lobo, a raposa e o porco foram trocados pelo cãozinho

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h37 - Publicado em 31 ago 2006, 22h00

Antes de o cão se tornar nosso melhor amigo, o homem só enxergava os outros seres vivos com um objetivo: comê-los. A domesticação de animais, que começou há 12 mil anos, só tinha o princípio da fonte fácil de alimento, criada em casa. Mas ao longo da história, nossa relação com os animais mudou.

Os primeiros bichos a serem domesticados foram predadores, como raposas e lobos. Como também tinham outras aptidões, percebeu-se que poderiam contribuir de forma mais eficaz à preservação da espécie humana. Conseguiam, por exemplo, ajudar na caça e na proteção das mulheres e crianças. Outro animal dos primeiros a serem domesticados, o porco foi escolhido porque a espécie se reproduz facilmente em cativeiro. Os porquinhos, então, garantiam mais comida para as tribos, e contribuíram para que grupos humanos se fi xassem num determinado espaço, já que não era mais preciso percorrer longas distâncias em busca de alimento. O homem também passou a dominar os animais que fornecem vestimenta, transporte e ajuda na agricultura. O primeiro bichinho a servir como companheiro, apenas com finalidade afetiva, foi o cachorro. Há indícios de que os cães já existiam há 14 mil anos na Alemanha e tenham descendido de ferozes raposas. Hoje eles são tratados quase como gente.

Publicidade