Clique e Assine por apenas 8,90/mês

Asas da paixão, Cowbird

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h26 - Publicado em 31 out 1988, 22h00

Sem emitir um único som, a fêmea do cowbird – pássaro negro típico das pradarias americanas – é capaz de dizer quando gosta do canto do macho: é tudo uma questão de bater as asas, em poucos segundos. Cientistas americanos que estudaram 32 mil casais de cowbirds chegaram até a gravar o namoro de alguns deles. Enquanto os machos tentam mostrar seus dotes musicais às fêmeas, estas ficam completamente imóveis. Isso, porém, não indica indiferença. Ao contrário, a fêmea fica quase inerte justamente para que o macho perceba o inconfundível movimento de suas asas – sinal de que ela gostou do que ouviu. Estimulado, ele começa a repetir o trecho que provocou a aprovação.

Para completar a pesquisa, que já dura cinco anos, os cientistas gravaram trechos aprovados do canto dos machos. Ao tocá-los para fêmeas em período de acasalamento, os sons desta vez fizeramnas assumir posição de cópula – sinal evidente de que caíram na cantada.

Publicidade