Clique e assine com até 75% de desconto

Sapos têm sotaque

E, muitas vezes, não se entendem entre si.

Por Da Redação Atualizado em 26 nov 2016, 21h38 - Publicado em 31 mar 2004, 22h00

Quem disse que bicho não se comunica com sotaque?

Julia Wycherely fazia seu doutorado sobre a origem dos sapos na Europa e descobriu que eles não só coaxam com diferentes “pronúncias” como isso atrapalha a aproximação e o acasalamento.

Aquela barulheira na beira da lagoa, que você sempre achou ser uma afinada sinfonia, nada mais é do que uma verdadeira Babel, com sapos de vários lugares tentando “conversar”.

Depois que ela concluiu a tese, a empresa de tecnologia analítica SPSS confirmou que os sapos muitas vezes não consumam uma relação porque têm sotaque diferente do(a) parceiro(a).

Eles dizem “vamox transarrr” e elas respondem “que trem esquisito é esse, sô”.

Continua após a publicidade
Publicidade