GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Calcário também forma pérolas

Cientistas franceses descobrem centenas de pérolas numa gruta perto da cidade de Lyon, no sudoeste da França.

Quem acha que as pérolas só aparecem dentro das ostras vai se surpreender. Espeleólogos franceses descobriram um tapete de pérolas numa gruta perto da cidade de Lyon, no sudoeste da França, entre os rios Gard e Ardèche. As centenas de pérolas, algumas de mais de 10 centímetros de diâmetro, tinham formato ovalado irregular e até hexagonal. Os cientistas não ficaram porém, mais ricos por causa da descoberta: embora muito bonitas, as formações de pérolas de cavernas não tem valor comercial. Acredita-se que elas surjam quando a água saturada de calcário do teto das cavernas cai gota a gota sobre um chão de argila. Aos poucos, esse núcleo – sempre imerso numa poça de água – se cobre de camadas concêntricas de calcário, formando as pérolas. Segundo João Allievi, da Sociedade Brasileira de Espeleologia, “formações semelhantes já foram descobertas em cavernas brasileiras, mas nunca tão grandes e em tamanha quantidade”.