Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Cidade do México está afundando

Fenômeno pode ter consequências drásticas nas próximas décadas - e está relacionado ao sistema de água da metrópole

Por Bruno Garattoni 20 ago 2021, 07h55

Partes dela estão descendo 50 cm por ano – e certas áreas da cidade podem cair até 20 metros nos próximos 150 anos. A conclusão e a previsão são de cientistas da Universidade Nacional Autônoma do México (1), que atribuem o fenômeno à exploração do solo: a cidade extrai sua água de aquíferos, que vão ficando vazios e puxam o solo para baixo.

Como o fenômeno não é uniforme, tende a causar desníveis problemáticos e pode ter outra consequência negativa: com a compactação do solo, os aquíferos comportarão cada vez menos líquido, levando a uma falta d’água crônica na cidade.

Fonte (1) Over a Century of Sinking in Mexico City: No Hope for Significant Elevation and Storage Capacity Recovery. D Solano-Rojas e outros, 2021.

Publicidade