GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Ciência Maluca: Cobras sempre voltam para casa

Carol Castro

Biólogos implantaram um transmissor em seis pítons birmanesas*, para monitorar a localização delas. Aí, as cobras foram soltas a uma distância de até 36 quilômetros do local onde tinham sido capturadas. De três a 11 meses depois, todas conseguiram voltar ao lugar de origem. Acredita-se que essas cobras tenham um senso de direção baseado em cheiros e campos magnéticos.

*fontes: Homing of invasive Burmese pythons in South Florida: evidence for map and compass senses in snakes. Shannon E. Pittman e outros. Davidson College.