Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Cientistas encontram cocaína em camarões de rio

Os animais contaminados foram encontrados na área rural da Inglaterra — mas as quantidades não são suficientes para deixar ninguém drogado

Por Maria Clara Rossini Atualizado em 2 Maio 2019, 18h13 - Publicado em 2 Maio 2019, 18h11

O camarão é uma fonte de proteínas, vitamina B12, ômega-3 e… cocaína? Pois é. Os pesquisadores da King’s College, em Londres, encontraram resquícios da droga em camarões da área rural da Inglaterra. Mas não precisa se preocupar: a quantidade é muito pequena para deixar qualquer um alterado.

A pesquisa foi publicada na revista Environment International e analisou a vida selvagem de cinco rios do condado de Suffolk, no sudeste do Reino Unido. O objetivo era estudar a exposição dos animais à micropoluentes.

Foram encontrados diversos tipos de químicos, pesticidas e fármacos, mas a surpresa foi a presença de drogas ilícitas nos camarões da espécie Gammarus pulex, típica de rios da região. “Esperávamos encontrar esse tipo de resquício em grandes centros urbanos, como Londres, mas nunca em áreas rurais” disse Leon Barron, um dos autores do estudo.

A cocaína foi encontrada em todas as amostras dos animais, mas em concentrações muito pequenas. A descoberta desperta a preocupação dos cientistas com relação à poluição dos rios. Medicamentos, drogas e produtos químicos contém uma grande variedade de compostos prejudiciais ao meio ambiente e colocam a vida selvagem em risco.

Segundo Nic Bury, professor da Universidade de Suffolk e coautor do estudo, a saúde ambiental vem ganhando atenção devido às consequências das mudanças climáticas e poluição de plásticos. Por outro lado, a poluição “invisível” dos químicos acaba passando batida, mas merece tanta atenção quanto os outros tipos de contaminação.

Mais pesquisas são necessárias para saber se esse é um caso exclusivo de Suffolk ou se ele abrange o mundo inteiro. Até lá, pode ficar tranquilo quando for comprar camarão no supermercado — inclusive se ele for importado da Inglaterra.

Continua após a publicidade

Publicidade
Ciência
Cientistas encontram cocaína em camarões de rio
Os animais contaminados foram encontrados na área rural da Inglaterra — mas as quantidades não são suficientes para deixar ninguém drogado

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade