Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Cientistas encontram evidências de vulcões ativos em Vênus

Se confirmada, será a primeira vez que atividade vulcânica é verificada em um planeta do Sistema Solar além da Terra

Por Maria Clara Rossini 6 jan 2020, 19h41

Vulcões são bem menos comuns do que se imagina. A maioria dos planetas do Sistema Solar já abrigou vulcões no passado, mas quase todos não estão mais em atividade. A Terra é o único planeta que comprovadamente possui atividade vulcânica até hoje. Algumas luas de Júpiter e Saturno, como Io e Encélado, também.

Agora, um estudo feito pela Associação de Universidades em Pesquisa Espacial descobriu lava expelida recentemente na superfície de Vênus. Sabe-se que a erupção ocorreu há poucos anos porque a lava endurecida está recoberta por um mineral que reage rapidamente com a atmosfera. Se eles ainda estão lá, é porque ainda não houve tempo da reação ocorrer.  

Até então, algumas estimativas apontavam que as últimas erupções em Vênus haviam ocorrido há mais de dois milhões de anos, enquanto outras sugeriam ao menos 250 mil anos. No entanto, o novo estudo publicado na Science propõe que as erupções tenham ocorrido há bem menos que mil anos.

Para chegar à conclusão, os pesquisadores estudaram cristais de olivina, um mineral encontrado nas rochas vulcânicas (isto é, na lava endurecida) da Terra e de Vênus. Eles recriaram a atmosfera e temperatura do planeta em laboratório e analisaram como o mineral se comportaria em tais condições. 

Continua após a publicidade

Os resultados mostraram que, nas condições climáticas presentes em Vênus, a rocha reage rapidamente com a atmosfera para formar outros minerais em sua superfície – como magnetita e hematita. Observações de satélite recentes de Vênus mostraram a presença de olivina sem os minerais indicados. Sinal de que ela foi expelida há pouco tempo e ainda não teve oportunidade de se transformar.

Se os vulcões de Vênus realmente estiverem ativos, ele se torna um excelente local para pesquisar e entender o interior de outros planetas do Sistema Solar. “Nós podemos estudar como os planetas resfriam e por que a Terra e Vênus possuem vulcanismo ativo, mas Marte não, por exemplo” disse o pesquisador Justin Filiberto, que liderou o estudo.

O vulcanismo é típico de corpos celestes que ainda estão quentes. Quanto menor é o astro, mais rápido ele esfria. A nossa Lua, por exemplo, também teve atividade vulcânica há 3 bilhões de anos, mas já resfriou tanto que hoje não há mais calor o suficiente para formar lava. Terra e Vênus ainda estão quentes, e por isso conseguem manter atividade vulcânica.

Io, lua de Júpiter, é o corpo mais ativo do Sistema Solar, mesmo sendo praticamente do mesmo tamanho da nossa Lua. Quase toda a superfície de Io é coberta por vulcões e lava. O motivo disso é seu “pai”. Por ser o maior planeta do Sistema Solar, Júpiter gera um campo gravitacional enorme, que deforma Io e faz suas camadas internas entrarem em fricção. Essa é a origem de tanto calor e vulcanismo.

Se a atividade vulcânica em Vênus for confirmada, essa seria só mais uma das semelhanças entre a Terra e nosso vizinho planetário. Em setembro de 2019, uma pesquisa mostrou que Vênus pode ter sido habitável há milhões de anos, inclusive com oceanos e atmosfera parecida com a nossa.

Continua após a publicidade

Publicidade
Ciência
Cientistas encontram evidências de vulcões ativos em Vênus
Se confirmada, será a primeira vez que atividade vulcânica é verificada em um planeta do Sistema Solar além da Terra

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade