GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Diários da Descoberta da América

Cristóvão Colombo

NOME ORIGINAL_Diário de Cristobal Cólon (Espanha)
EDIÇÃO NO BRASIL_ L± 1998

 

DO QUE TRATA

O livro traz as anotações dos diários das 4 viagens de Colombo em busca das Índias, que resultaram na descoberta da América, além das cartas escritas para os reis espanhóis e o testamento do almirante. Na primeira viagem, em 1492, partindo da Espanha, ele chega até as Bahamas, no Caribe, de onde volta no ano seguinte. Poucos meses após o retorno, Colombo parte novamente em busca das Índias e atinge a ilha caribenha de Dominica. Ele fica na região por 3 anos e conhece as Antilhas e a Jamaica. Em 1498, ele parte novamente e chega a Trinidad. Em sua última viagem, realizada em 1500, Colombo atravessa o oceano em apenas 21 dias e desembarca no Panamá.

QUEM ESCREVEU

O navegador genovês Cristóvão Colombo (1451-1506) nasceu em uma família pobre e começou a navegar cedo. Comandou um navio pela primeira vez em 1473, aos 22 anos. Ao retornar de sua primeira viagem continental, em 1493, recebe o título de “Vice-Rei e governador das Terras Firmes e Ilhas Descobertas e por Descobrir”. Apesar disso, morreu pobre e esquecido. Seu diário só foi recuperado por Fernando, seu filho, após a sua morte.

POR QUE MUDOU A HUMANIDADE

Porque é o registro histórico da descoberta da América. Mostra o olhar europeu acerca das novas paisagens e dos índios, mesclando crítica, pela alegada “inferioridade dos selvagens”, e eslumbramento com as belezas naturais.