Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Enxames de drones estão surgindo à noite nos EUA – e ninguém sabe o porquê

Moradores de dois estados relatam que aparições noturnas têm sido recorrentes desde a semana do Natal. Falta descobrir de quem são esses drones.

Por A. J. Oliveira 3 jan 2020, 19h15

Um mistério digno de Stranger Things está intrigando a população de Colorado e Nebraska, estados na região centro-oeste dos EUA. Perto do Natal, estranhas formações de drones começaram a surgir no céu todas as noites, em grupos que variam entre 17 e 30 aeronaves. Eles são bem grandes, com quase dois metros, e apresentam fortes luzes – algo que tem assustado os moradores da região onde predominam áreas rurais e pequenas cidades.

O primeiro veículo a noticiar o caso em pleno recesso de fim de ano foi o Denver Post, no dia 23 de dezembro. Ao jornal local, o xerife do condado de Phillips, Thomas Elliott, disse que até o momento não se sabe de quem são os drones ou o que exatamente eles estão fazendo durante seus sobrevoos noturnos, mas conseguiu identificar alguns detalhes sobre seu comportamento. Eles parecem estar fazendo uma varredura em um padrão de grade.

“Voam em um quadrado e depois partem para outro quadrado”, relatou o policial. Os drones também apresentam uma periodicidade definida em suas atividades, permanecendo no ar por três horas, entre 19h e 22h, a uma altura que varia de 60 a 90 metros do chão. Além da polícia local, nem mesmo órgãos federais dos EUA fazem a menor ideia de uma possível identidade para o dono dos drones. Só dizem que não têm nada a ver com a história.

  • Tanto a Administração Federal de Aviação, quanto a Força Aérea, o Exército e a DEA (órgão que combate e controla as drogas) alegaram que os enxames não pertencem às suas organizações. Parte do mistério pode ser explicada pelo fato de que o espaço aéreo da região é pouco controlado. Quem quer que esteja operando os drones não é obrigado por lei a se identificar. E, de acordo com o xerife de Phillips, não há motivo para pânico.

    Elliott afirma que as aeronaves não aparentam ter intenções maliciosas. Na maioria das vezes, a vida real não imita Stranger Things, e as explicações para fenômenos estranhos não costumam envolver mundos invertidos ou russos malvados. Segundo outra fonte ouvida pelo Post, o fotógrafo e piloto de drones Vic Moss, os enxames parecem estar fazendo algum tipo de busca ou mapeamento da área, ou ainda examinando lavouras.

    Também é possível que os objetos pertençam a uma empresa do Colorado que apenas esteja testando novas tecnologias de seus drones. Apesar de que o timing escolhido para a operação, bem durante as festas de fim de ano, é um pouco fora do comum – não há como negar. Moss apenas alerta para que os moradores não tentem abater os drones, já que eles são altamente inflamáveis e podem destruir uma casa, se caírem em cima dela.

    Continua após a publicidade
    Publicidade