Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Espécie rara de borboleta é encontrada na Escócia depois de 130 anos

Espécie só foi avistada três vezes no país

Por Lucas Baranyi 19 fev 2018, 18h12

Pela primeira vez em mais de um século, os ovos microscópicos da borboleta White-letter haristreak foram encontrados na Escócia – o que significa que, diferente do que era pensado, a espécie pode estar voltando para casa. Ela havia sido vista pela última vez em agosto de 2017, mas antes disso, a última aparição do inseto na região ocorreu em 1884.

72% da espécie foi varrida para fora do país por causa da grafiose, doença causada por fungos e que afeta justamente as árvores escolhidas pelas borboletas para perpetuar a espécie, os ulmeiros. Duas epidemias de grafiose que atingiram o Reino Unido acabaram com 60 milhões destas árvores.

  • Iain Cowe, um observador de borboletas, falou ao The Guardian sobre a descoberta. “Ano passado foi um encontro inacreditável, mas a descoberta de ovos está muito além do que imaginei ser possível”, afirmou.

    Como a espécie só põe ovos uma vez por ano, especialistas acreditam que ela pode estar se reproduzindo novamente na Escócia desde 2016. A descoberta foi feita por voluntários da ONG Butterfly Conservation.

    Continua após a publicidade
    Publicidade