Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Esse é o primeiro mapa de Marte desenhado por humanos

A centenária instituição inglesa Ordnance Survey resolveu usar seus conhecimentos de cartografia para mapear o planeta vermelho

Por Felipe Germano Atualizado em 31 out 2016, 19h06 - Publicado em 16 fev 2016, 17h30

Em 1791 o governo britânico criou a Ordnance Survey (OS), algo como Planta de Artilharia em português, um órgão oficial responsável pela produção de cartografia britânica. O objetivo era mapear as fronteiras da Inglaterra, criando um documento com detalhamento suficiente para não fazer vergonha em um tempo em que o iluminismo começava a surgir. Os resultados agradaram e o trabalho da organização se mantém até hoje. Nesse meio tempo, a OS mapeou as áreas mais importantes do Reino Unido, ajudou a cálcular áreas durante as guerras napoleônicas, e registrou a modernização de Londres. Agora, mais de 270 anos depois, um novo desafio chegou aos cartógrafos britânicos: eles tiveram que mapear Marte.

O órgão utilizou dados coletados pela NASA para fazer a primeira cartografia do planeta vermelho. O mapa cobre uma área de 3672x2721km, com uma escala de 1 para 4 milhões, e recria todo o estilo de um mapa feito no século XVII. “Esse é um estilo que difere muito do que se vê feito em relação aos planetas”, afirma David Henderson, diretor de produtos da OS. “A chave para o efeito é uma paleta de cores suave combinada com características tradicionais de mapas, como contornos e linhas de referência”, completa.

QUIZ: Realidade ou ficção? Diferencie as cenas de filme das fotografias tiradas no espaço

O mapa foi disponibilizado gratuitamente para quem quiser baixá-lo. A versão maior possui uma resolução de 11574 por 9921 pixels, e pesa 70 mb – você pode fazer o download dela e de toda as outras no Flickr oficial do órgão.

Se você quiser ver Marte por um ângulo diferente, também há outras iniciativas que há anos vem mapeando o planeta vermelho. A Google Mars, e a Mars Trek  são exemplos de projetos que utilizam de fotos de satélite para construir mapas digitais e interativos – mas já  adiantamos: nenhum deles parece ter saído de um livro de história, como o da Ordanace. Ponto negativo.

LEIA TAMBÉM: 

NASA encontra rios de água salgada em Marte

O Sol destruiu a atmosfera de Marte

Eles vão morrer em Marte

Continua após a publicidade
Publicidade