Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Lagarta leva um ano para virar borboleta

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h38 - Publicado em 30 jul 2009, 22h00

Como uma lagarta se transforma em borboleta?

Quanto tempo leva esse processo?

 

A transformação acontece em quatro fases: o ovo, a larva, a pupa e o estagio adulto. O inicio do ciclo começa com os ovos que são postos pela borboleta geralmente em folhas de plantas. “Esse período dura de alguns dias até um mês”, diz a entomologista (especialista em insetos) Cleide Costa, do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo. Há um mecanismo no corpo do inseto que faz com que o embrião fique inativo no ovo até que as condições do clima e do crescimento da planta (onde ele esta e que servirá de alimento) sejam favoráveis.

Ele se transforma então, em lava (lagarta). Nessa fase, que dura meses até mais de um ano, o animal come mais (geralmente folhas) para crescer e guardar energias. Durante esse estagio, a lava produz fios de seda ou semelhantes, que se prendem a superfície onde ela esta. Apesar de ainda não ser o casulo, esses fios servem de abrigo contra os predadores.

Quando o animal atingir a fase de pupa, depois de várias mudanças de pele, ele usará esses fios para construir o verdadeiro casulo. A larva fia em estado de total repouso por um período que vai de uma semana a um mês, dependendo da espécie, e os tecidos do seu corpo vão se modificando. Quando a borboleta já estiver pronta, ela rompe o casulo.

Uma vez livre do casulo, é preciso colocar as asinhas de fora. Elas ficam abrigadas no tórax. O inseto contrai o tórax e joga sangue para dentro do compartimento qual estão as assas. Com isso, o compartimento se rompe e as asas saem. A mobilidade que o vôo dá ao inseto é importante para dispersar a espécie para outras áreas e principalmente para que fêmeas e machos se encontrem. Assim como na fase de larva o mais importante é a alimentação, e na de pupa é a transformação, a principal atividade na fase adulta (que dura de uma semana a a.1Jsuns meses) é a reprodução. A metamorfose não é privilégio apenas da borboleta. Outros animais, como anfíbios, também sofrem transformações. Mas as mudanças sofridas por esses insetos são as mais radicais.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)