GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Músculo fica frouxo durante uma gargalhada

Depois de uma boa piada, você às vezes não perde a força de tanto rir? Para explicar por que isso acontece, bem-humorados neurologistas holandeses da Universidade de Leiden fizeram o seguinte experimento: fixaram eletrodos nas pernas de voluntários para medir o que é conhecido como reflexo-H. Trata-se de um sinal elétrico vindo do cérebro que causa contração muscular. Estimulados por piadas e por imagens mostrando situações engraçadas, os voluntários riam abertamente. Os eletrodos registraram, então, o quase desaparecimento dos sinais que acionam o chamado músculo soleus, na coxa. É um dos que, ao se contrair, mantêm o corpo de pé (veja o infográfico). Com os sinais do cérebro enfraquecidos, veio o baqueamento momentâneo nas pernas. O que os pesquisadores ainda não sabem é explicar como a gargalhada interfere no mecanismo cerebral e no envio do sinal ao soleus.

Sinal fraco, perna mole

Você fica bambo quando ri porque o cérebro descuida dos músculos.

A gargalhada afeta o cérebro, de um modo ainda não explicado.

Mas os cientistas verificaram que ela enfraquece um sinal elétrico que corre pelo nervo tibial.

Sem estímulo, o músculo soleus fica relaxado, deixando as pernas sem forças.